UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG
PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM AQUICULTURA-PPGAqui

DISCIPLINA
11034P – QUALIDADE DA ÁGUA E DO SOLO EM VIVEIROS DE CULTIVO
PROF. LUCIANO GARCIA
Código: 11034P
Lotação: Instituto de Oceanografia
Carga horária: 45h/aula
Créditos: 3
Caráter: Optativa

EMENTA

Importância: A produtividade e condições sanitárias do cultivo estão diretamente ligadas as condições de qualidade da água do cultivo. Desta forma, é de fundamental importância que os pesquisadores da área tenham informações básicas sobre os limites de variação dos principais parametros biológicos, físicos e químicos que caracterizam os padrões de qualidade da água.
Métodos e Técnicas de avaliação das propriedades físicas, químicas e mineralógicas do solo e da água de viveiros de cultivo. Dinâmica dos viveiros, métodos e técnicas de controle de qualidade da água. Calagem, fertilização, aeração, circulação e trocas de água utilizados como manejo preventivo em viveiros de cultivo.

PROGRAMA

UNIDADE 1
Importância da aquacultura, oportunidades de trabalho e políticas de desenvolvimento.
UNIDADE 2
Aquacultura e pesca.
UNIDADE 3
Genética aplicada a aquacultura.
UNIDADE 4
Cultivo de plantas halófitas.
UNIDADE 5
Sistemas multitróficos.
UNIDADE 6
Nutrição e alimentação de organismos aquáticos
UNIDADE 7
Bioprodutos de microalgas.
UNIDADE 8
Repovoamento de ambientes degradados.
UNIDADE 9
Cultivo de moluscos.
UNIDADE 10
Piscicultura Marinha
UNIDADE 11
Piscicultura de água doce.
UNIDADE 12
Cultivo de camarões.
UNIDADE 13
Sanidade de organismos cultiváveis.
UNIDADE 14
Importância dos microorganismos nos sistemas de produção.
UNIDADE 15
Impactos da aquacultura.
UNIDADE 16
Visita a Estação Marinha de Aquacultura - EMA

BIBLIOGRAFIA

ASA. 1997. Manejo do solo e da qualidade da água em viveiro para aqüicultura. Associação Americana de Soja. 55 pp.
Boyd C.E. 1982. Water Quality Management for Pond Fish Culture. Elsevier Scientific Publishing Company. Amsterdan, The Netherlands.
Boyd, C.E. 1986. Comments on the development of techniques for management of environmental quality in aquaculture. Aquacult Eng. 5: 135-146.
Boyd, C.E. 1989. Water Quality Management and Aeration in Shrimp Farming. Alab. Agr. Exp. Station. Alabama.
Boyd, C.E. 1995. Bottom soils, sediment and pond aquaculture. Chapman & Hall. New York, USA.
Brune,D.E. & Tomasso J.R. 1991. Aquaculture and water quality. The World Aquaculture Society. 605 pp.
Egna, H.S; & Boyd, C.E. 1997. Dynamics of pond aquaculture. CRC Press, Flórida, USA, 437 p.
Fast, A.W. e Lester, L.J. 1992. Marine Shrimp Culture: Principles and Practices. Elsevier Scientific Publishing Company.
Amsterdam, The Netherlands.
Pillay, T.V.R. 1993. Aquaculture. Principles and pratices. Fishing News Book. 575 pp.
Schäfer, A. 1985. Fundamentos de ecologia e biogeografia das águas continentais. Editora da UFRGS. 532 pp.
Villalon, J.R. 1991. Practical Manual for Semi-intensive Comercial Production of Marine Shrimp. TAMU-SG-91-501. TAMU
Sea Grant College Program, College Station, Texas, USA.
Villalon, J.R. 1993. Commercial semi-intensive penaeid growout techniques in Ecuador. Crc
Handbook of Mariculture  2003. 2nd Edition. Volume 1. Crustacean Aquaculture. Boca-Raton, USA Crc-Press.

Periódicos:
Aquaculture Engineering,
Aquaculture,
Journal of the World Aquaculture Society;
Aquaculture Research,
Aquaculture Economics and Management,
Aquatic Living Resources,
Neritica,
Brazilian Archives of Biology and Technology