RESPONÁVEL:  PROF. DR. MARIO ROBERTO CHIM FIGUEIREDO

Tanques de terra: O Laboratório de Aquacultura Continental possui 08 (oito) tanques de terra com 200 metros quadrados cada.
Viveiros: Estão disponíveis 06 (seis) viveiros escavados no solo com aproximadamente 0,5 ha cada e 29 (vinte e nove) viveiros de aproximadamente 1.000 m2, todos localizados no interior do município do Rio Grande, cujo manejo é assistido e monitorado pelo LAC. Mais 04 (quatro) viveiros de 1.000 m2 cada estão localizados nas dependências do LAC, na parte frontal do terreno.
Ranário Experimental da FURG (REURG): Instalação contendo 12 (doze) baias de recria de rãs equipadas com sistema de aquecimento de piso com água em tubulação de cobre, duas salas com 24 (vinte e quatro) baias de fibra de vidro climatizadas individualmente (temperatura e fotoperíodo controlados), uma sala com 06 (seis) estufas climatizadas, cada uma com duas gaiolas de fibra de vidro, um conjunto de 09 (nove) tanques de 60 L cada em circuito fechado de circulação de água, uma sala de produção de alimento vivo (moscas) e uma sala contendo larvário. Ao lado do REURG existem 04 (quatro) tanques circulares de alvenaria com capacidade para armazenar 5.000 L de água em cada um, e profundidade de 1,20 m. Essas instalações foram construídas pela FURG, com apoio da FAPERGS (Processos nº 96/1813.8 e 98/0341.8) e do CNPq [Processo nº 522608/96 - 5 (NV)]. Um protótipo de instalações climatizadas constituído de estufa coberta de plástico foi construído ao lado do REURG com o objetivo de estudar a possibilidade de criação de rãs em sistema verticalizado, proposto para regiões de clima frio.
Sistema de captação e armazenamento de água: O LAC conta com uma bomba instalada no estuário destinada à captação de água salgada (salobra) para os viveiros de terra e para armazenamento em 02 (duas) caixas de concreto com capacidade de armazenamento de 10.000 L cada.
Um conjunto de abscínios com duas ponteiras serve para captação de água do sub-solo e armazenar em 03 (três) caixas de concreto, elevadas, com capacidade de armazenamento de 10.000 L cada, água utilizada em todas as instalações do LAC. Mais 02 (dois) conjuntos de abscínios servem para captação de água do sub-solo para manutenção do nível dos viveiros de terra: o primeiro consta de duas ponteiras interligadas, com diâmetro de 75 mm cada, e o segundo consta de cinco ponteiras interligadas, com diâmetro de 50 mm. Moto-bombas elétricas são utilizadas para cada um desses sistemas de captação, cada uma com sua correspondente reserva. Energia monofásica, bifásica e trifásica é disponível para acionamento das bombas.
Sistema de comunicação e transmissão de dados: O LAC está localizado na zona rural do município do Rio Grande, onde não é disponível linha telefônica. Contudo, uma antena estaiada com 24 m de altura, permite um enlace através de rádio, com acesso à rede nacional de transmissão de dados, através do Centro de Processamento de Dados da FURG. Uma rede local de fibra ótica permite acesso à Internet a partir de todas as unidades do LAC, inclusive do Laboratório avançado da Estação Marinha de Aquacultura, localizado à beira do estuário. Hoje, a comunicação a partir do LAC se dá em tempo real, via Internet.
Equipamentos disponíveis no LAC: Balança com capacidade para pesar até 100 kg, balança eletrônica portátil (a bateria) com capacidade para pesar até 5 kg e precisão de 1,0 g, um microscópio estereoscópico e uma lupa (NIKON), dois oxímetros portáteis, dois pHmetros portáteis, condutivímetro portátil, luxímetro portátil, refratômetro (salinômetro), triturador de cereais, peletizador, paquímetro eletrônico de precisão,termômetros, discos de Secchi. Além disso, o LAC mantém permanente intercâmbio com outros laboratórios da FURG que lhe possibilitam avaliação da produtividade da água (clorofila-a), composição proximal de ingredientes para rações e de tecidos animal e vegetal, avaliação de composição iônica de água e outros fluídos e/ou tecidos animal ou vegetal, teores de hormônios de fluídos ou tecidos animal e/ou vegetal, geo-referenciamento, planimetria e altimetria.